DENGUE_BTG_NOV
Meio ambiente

Prefeitura fomenta coleta seletiva e repassa serviços de separação de materiais para Associação de Catadores em Bataguassu

A partir desta semana, a Associação Bataguassuense de Catadores de Materiais Recicláveis - fundada recentemente - passará a desenvolver os serviços de triagem, processamento, beneficiamento e destinação final adequada dos resíduos recicláveis do município.

14/10/2019 12h37
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e Núcleo Municipal de Meio Ambiente está dando um importante passo no que se refere ao fomento da organização produtiva dos catadores de materiais recicláveis e fortalecimento da coleta seletiva no município.
 
A partir desta semana, a Associação Bataguassuense de Catadores de Materiais Recicláveis - fundada recentemente - passará a desenvolver os serviços de triagem, processamento, beneficiamento e destinação final adequada dos resíduos recicláveis do município.
 
Segundo o prefeito Pedro Arlei Caravina (PSDB) após reunião, houve a definição sobre o início do trabalho dos profissionais na usina de reciclagem local. "O município foi responsável pela contratação desses profissionais até recentemente mediante processo seletivo realizado em junho deste ano, arcando com os custos do trabalho dos recicladores. A partir de agora, 12 profissionais vinculados a Associação Bataguassuense de Catadores de Materiais Recicláveis passarão a desenvolver esses serviços ", comenta.
 
Caravina lembra que inicialmente, o município fará a destinação de um auxílio financeiro mensal no valor de R$ 500 para cada profissional pelo período de um ano.
 
A ideia, segundo ele, é que os membros da associação se organizem e passem a trabalhar por conta própria. "Queremos avançar ainda mais quanto a coleta seletiva. O objetivo é ampliar o serviço no município e em contrapartida melhorar o meio ambiente e potencializar a geração de renda voltada aos catadores", frisa.
 
Dentro do processo, a chefe do Núcleo Municipal de Meio Ambiente, Camila Carla Facholi Bachega Moraes destaca a importância da participação e colaboração da população para o descarte correto de materiais recicláveis. "A população deve realizar a separação de materiais como papelão, metal, plástico e vidro e acondicioná-los nos sacos de lixo azuis entregues aos moradores pela empresa Morhena semanalmente. É importante não misturar resíduos orgânicos com os recicláveis", diz a chefe do Núcleo.
 
Camila acrescenta que efetuando a separação correta, o munícipe estará colaborando diretamente com o rendimento dos catadores. "Vamos ocasionar um impacto positivo ao meio ambiente e melhorar a vida desses profissionais, que vão tirar sua renda do processo de reciclagem", observa.
 
Ela lembra ainda que a Associação Associação Bataguassuense de Catadores de Materiais Recicláveis possui licença de instalação e operação concedida pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) para atuação na usina de triagem e processamento de resíduos sólidos urbanos. Todo serviço a ser realizado no local é aprovado pelo órgão ambiental competente.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias